Como plantar Melancia: cultivo e colheita

Posted by

A melancia se desenvolve nos locais onde o período de crescimento das plantas e da maturação dos frutos coincide com dias longos e noites quentes, com temperaturas medias entre 18 e 25ºC.

Nas épocas de grande umidade as moléstias atacam a cultura com forte intensidade, anulando, as vezes, todo o esforço do lavrador.

Nos estados sulinos, especialmente no Rio Grande do Sul, seria, por conseguinte, recomendável a plantação na primavera, por ser alí o verão quente e seco. No Estado de São Paulo, tendo essa lucrativa cultura interessado aos lavradores das mais diversas zonas, as plantações são levadas a efeito quase o ano todo, porém, será preferível plantar-se em fins de abril e durante o mês de maio, quando cai normalmente, alguma chuva, e. a temperatura ainda é própria para a germinação, colhendo-se em setembro, que, em geral, não é muito úmido e apresenta temperatura propícia ao desenvolvimento dos frutos.

Ademais, com a plantação nesse período, há a grande vantagem de se poder lançar o produto no mercado em época de escassês de frutas, quando alcança, pela falta de concorrência, melhores preços.

A melancia pode ser cultivada em diferentes tipos de solos, uma vez que não sejam muito úmidos. Prefere, entretanto, os solos areno-argilosas, que, embora não sendo as mais ricas, quando bem estercadas ou adubadas, dão boas colheitas.

Nos solos pesados, o desenvolvimento da planta e o tamanho e a qualidade do fruto são, em geral, inferiores. A melancia é tolerante aos solos medianamente ácidos, apresentando boas colheitas em terras com pH e 6,8 e 5,0. Plantar melancia em terra com baixo teor matéria orgânica, é prejuizo na certa.

Variedades

Pode ser dividida em dois grupos: as de origem japonesa, com frutos redondos; a a americana, com frutos compridos. As japonesa recomenda-se as variedades Omaru e Yamato; ja as americanas indicadas são: Florida Favorite (também conhecida como Americana e Santa Barbara); Kleckley Sweet e sua variedade de sucesso – a Leesburg K06; e a Tom Watson.
Plantio

A melancia gosta de muito sol, não resistindo a ventos frios e geadas. O plantio é feitos em covas de 40x40x40cm, com espaçamento de 2x2m para as americanas e de 2x1m para as japonesas. Não é preciso desmanchar os torrões ao lado das covas. Coloque 4 sementes por cova e faça o desbaste após 30 dias, deixando duas plantas por cova.

Na pequena cultura, de menos de mil covas, não convém o sistema de camalhões e sim, o simples coveamento com enxadão. Para isso são abertas covas largas, com 60 x 60 cm. de boca e 25 cm. de profundidade, adubadas e cheias até pouco acima do nível do solo. Não convém levantar a terra nas covas, a fim de que possam as raízes expandir-se sem impecilho.

Clima e Solo

A melancia se desenvolve nos locais onde o período de crescimento das plantas e da maturação dos frutos coincide com dias longos e noites quentes, com temperaturas medias entre 18 e 25ºC.

Nas épocas de grande umidade as moléstias atacam a cultura com forte intensidade, anulando, as vezes, todo o esforço do lavrador.

Nos estados sulinos, especialmente no Rio Grande do Sul, seria, por conseguinte, recomendável a plantação na primavera, por ser alí o verão quente e seco. No Estado de São Paulo, tendo essa lucrativa cultura interessado aos lavradores das mais diversas zonas, as plantações são levadas a efeito quase o ano todo, porém, será preferível plantar-se em fins de abril e durante o mês de maio, quando cai normalmente, alguma chuva, e. a temperatura ainda é própria para a germinação, colhendo-se em setembro, que, em geral, não é muito úmido e apresenta temperatura propícia ao desenvolvimento dos frutos.

Ademais, com a plantação nesse período, há a grande vantagem de se poder lançar o produto no mercado em época de escassês de frutas, quando alcança, pela falta de concorrência, melhores preços.

A melancia pode ser cultivada em diferentes tipos de solos, uma vez que não sejam muito úmidos. Prefere, entretanto, os solos areno-argilosas, que, embora não sendo as mais ricas, quando bem estercadas ou adubadas, dão boas colheitas.

Nos solos pesados, o desenvolvimento da planta e o tamanho e a qualidade do fruto são, em geral, inferiores. A melancia é tolerante aos solos medianamente ácidos, apresentando boas colheitas em terras com pH e 6,8 e 5,0. Plantar melancia em terra com baixo teor matéria orgânica, é prejuizo na certa.

Tratos Culturais

Na ausência de chuvas, a irrigação deve ser feita a cada tres dias, até a frutificação, seguindo-se daí uma vez por semana até a colheita. Cuidado com as capinas, pois é comum atingir a planta e suas raízes superficiais. Quando os frutos atingirem 10cm de diâmetro, descarte frutos defeituosos, chochos, mantendo apenas dois ou três por planta. É bom colocar capim ou palha de arroz embaixo do fruto, evitando umidade. Virar o frutoé bom para a qualidade do fruto.

Rotação: Nem sempre é possível a plantação em terras novas, pois é sempre recomendável a escolha de um lote que não tenha sido utiizado para esta cultura nos anos anteriores, pois, do contrário, é de esperar ataque de pragas e moléstias. Também não plante antes ou depois de hortaliças de mesma família. O milho é um excelente companheiro para a melancia. A rotação cai bem, dependendo da época, com couves, feijões, quiabo e milho doce.

Deve-se ter como regra, não cultivar melancia num mesmo terreno, senão depois de decorridos, pelo menos, quatro anos.

Adubação: Em solos de mediana fertilidade recomenda-se a seguinte adubação:

- 1/2 lata de 20L de esterco de curral
- 200 gramas dc adubo químico 10-10-10 em cada cova.

Se o terreno apresentar deficiência de matéria orgânica, deve-se fazer com antecedência, uma plantação de “mucuna preta”, enterrando-a logo que aparecerem as primeiras vagens, ou, então, aplicar por cova, uma pá de estêrco de curral bem curtido, o que corresponde a 4 ou 5 kg., ou 400 gramas de torta de mamona. A torta de mamona será aplicada no sulco, porém, com um mês de antecedência da semeação, ou então a 15 ou 20 cm., afastada do ponto onde vão ser colocadas as sementes, a fim de ter tempo de se decompor antes de ser atingida pelas raízes da planta.

Os adubos, tanto minerais ou orgânicos, geralmente, são espalhados pelos sulcos que cortam as águas, e enterrados por dois tombos de arado, formando leiras. O natural contudo, seria a aplicação dos adubos em trôs vêzes: metade no sulco em nível e metade nos dois sulcos laterais formados com as passagens do arado, ao serem enterrados os adubos espalhados no sulco em nível. Dessa forma, o aproveitamento dos adubos pela planta seria mais perfeito.

Replanta: Ao mesmo tempo em que se praticam os desbastes, faz-se replanta das falhas.

As covas feitas a enxada, devem ser abertas ao lado e não em cima da antiga, para não inutilizar sementes boas que, por qualquer circunstância, não tenham ainda germinado.

Convém reunir todos os frutos desbastados/descartados em uma cesta e enterrá-los nos carreadores, evitando que apodreçam entre as ramas, atraindo insetos e aumentando o perigo de invasão de moléstias

Colheita e Armazenamento

É de suma importancia que as melancias sejam colhidas no ponto exato de maturação. Se colhidas ainda verdes, as suas qualidades são prejudicadas; se colhidas muito maduras, a resistência aos transportes é diminuida, prejudicando ainda as suas qualidades.

Há diversos modos de conhecer a maturação da melancia. O indício mais prático de maturação é a mudança de côr, especialmente da parte inferior do fruto, que se assenta no chão; de branca a princípio, passa amarelo-claro, tornando-se resistente a pressão da unha.

Além desse indício, também há outros, como a batida com o dedo: as melancias verdes emitem um som metálico, e as maduras um som ôco; apertando-se o fruto entre as mãos, um som quebradiço indica estar em ponto de colheita, a gavinha existente na áxila da fôlha de onde sai o pedúnculo, murcha com o amadurecimento do fruto.

Trinta dias depois, abrem-se alguns frutos em diferentes pontos do melancial para verificar o estado de maturação. Quando no ponto, colhem-se todos os frutos com varinhas da mesma cor.

Este processo dá firmeza ao ponto de colheita e facilita a operação, por independer de operário especializado. Outra vantagem é orientar o lavrador com antecedência de alguns dias, sobre o número de frutos a serem colhidos, o que, facilitará sua comercialização.

As primeiras horas do dia são as melhores para a colheita de melancia, tanto para determinar a maturação como para asegurar-lhe melhores qualidades. A turgescência do fruto, favorece a conservação da textura quebradiça da polpa.

A melancia suporta um armazenamento de duas até três semanas quando colhida no ponto exato e colocada em local seco.

Pragas e Moléstias

Os pulgões é a principal praga das melancias, mas a vaquinha, larva-minadora e lagarta-rosca também podem ocorrer. As moléstias mais comuns são a antracnose, o oídio, a murcha e a fusariose.

É preciso uma inspeção, constante e ao primeiro sinal de aparecimento da praga, agir sem perda de tempo.

A própria planta denuncia o aparecimento dos pulgões, enrolando as fôlhas novas, que são por eles preferidas.

Para o combate usa-se o sulfato de nicotina a 40%, será dissolvido à razão de um e meio por mil e mais (0,5%)meio por cento de sabão, preferivelmente sabão de cinza, que pode ser substituído por “leite de cal”, fornecido pela queima de meio quilo de cal viva.

Como os pulgões se localizam embaixo das folhas, é preciso que o inseticida atinja essa parte. O resultado do trabalho depende exclusivamente da habilidade e do cuidado de quem aplica o inseticida. Dois dias depois, examinam-se os pontos pulverizados e se necessário, repete-se a operação.

Pode-se também conseguir uma solução nicotinizada com um quilo de fumo ordinário ou dois quilos de folhas secas de fumo. Seja um ou outro o material empregado, deve ser reduzido a pedaços miúdos que serão merguhados em dez litros de água, aí permanecendo doze horas em maceração. Completa-se então, o volume para 100 litros, adicionando-se meio quilo de sabão ou leite de cal.

A antracnose deve ser prevenida desinfetando as sementes antes do plantio, no entanto, depois de nascidas as palantas, aplique calda bordaleza a cada 10 dias, preventivamente.

Fonte: Criar e Plantar /Editado por Agromundomelancia1

10 Comentários

  1. paulo dias neves says:

    Boa tarde e parabéns pelo trabalho. Estou preparando um sitio de 8 hect. para plantio de melancia e tenho muitas dúvidas, graças as explicações da Agromundo, vou encarar o desafio, pois nunca plantei nada, sou metalúrgico. Quanto as pragas, como posso combater os pulgões, insetos, fungos e doenças ( quais os produtos e forma de usar )

  2. Resposta via e-mail, grande abraço!

  3. Rozemiro Gomes Miscoito says:

    gostaria de saber se é nessesario poldar a planta para dar os frutos maior e de melhor qualidade.

  4. Jackson Arruda alves says:

    quero todos os passos sobre plantiu de melancia

  5. Joaquim Carlos says:

    Quanto as pragas, como posso combater os pulgões, insetos, fungos e doenças ( quais os produtos e forma de usar )

  6. Estou com Dúvidas na Plantação de Maracujá says:

    Plantei seis sementes de maracujá, três em cada sacola, estou esperando ela ficar com uns quinze centimetros de altura para plantar no campo, mas o que quero saber, se na hora tenho que plantar juntas ou separadas, já que tem o macho, fêmea e hemofrodita. como vou saber qual que qual. o que devo fazer. ou isso não tem nada haver. Marta Machado

  7. Preciso tranportar uma planta de um lugar ou outro, como fazer? says:

    Preciso tirar uma planta, pé de araça balaio de um sitio para outro sitio, com o mesmo clima, só que suas raízes já ultrapassaram o plástico preto onde ela foi plantada e ainda se encontra, ao tirar para fazer o plantio definitivo, vai mexer um pouco em sua raizes, o que devo fazer e se ela vai morrer.Marta Machado

  8. JACKSON DE OLIVEIRA says:

    PARABEMS PELO TRABALHO.

  9. adailton says:

    Tenho um sítio e estou querendo plantar melancia e queria sempre estar em contato com vocês, sempre plantamos mandioca e feijão e quero fazer esta tentativa.
    Não temos muito tempo para arar o terreno e esperar descansar,srá que posso plantar assim que arar?

  10. ilsa sabino da cunha says:

    cotaria de saber quanto tempo dura a melancia do plantiu a colleta